portalpatos
publicidade
06/10/2017

Ex-presidiário é assassinado no Batuel Palmeira. Dúvida se foi morto a tiro ou com arma branca

Paulo Roberto Lopes de Sousa, ex-presidiário, 28 anos foi assassinado nesta quinta-feira (05/10) no conjunto Batuel Palmeira por volta das 19h:10m e, a polícia, por enquanto ainda não tem pista do homicida.

Os peritos estiveram no local e encontraram ao lado do corpo dois pedaços de madeira semelhantes ao o cabo de uma arma de fabricação artesanal, o que caracterizaria um crime praticado com arma de fogo.

Porém, existem dúvidas o que teria provocado a lesão na barriga da vítima. Uma grande perfuração do lado esquerdo provocou a saída das vísceras do rapaz, mas ainda há duvida se foi com arma de fogo, ou uma faca.

Apesar da Rua Projetada está bastante movimentada, ninguém se habilitou em falar sobre o assunto e isso acaba dificultando ainda mais as investigações da polícia.

Paulo Roberto Lopes de Sousa havia acabado de sair do presídio, segundo informações de familiares que compareceram no local. Também já tinha “puxado cadeia” acusado de roubo.

De acordo com o delegado Manoel Martins, responsável pelo Inquérito Policial, Roberto passou 6  (seis) anos preso e recentemente foi expedido outro mandado de prisão, porém ele teria deixado o presídio pela segunda vez, há aproximadamente um mês.

Escute o que disse o sargento Jair, primeira equipe a chegar no local...

Portalpatos

Escute o áudio 3
portalpatos
Leia Também

Comentários


comercial
Panetone da parati 450g frutas cristalizadas
13R$,85
comercial
Panetone da parati 450g chocolate
13R$,85