portalpatos
publicidade
06/12/2017

Em plena véspera de Natal, Prefeito de Santa Luzia deixe servidor com apenas R$ 13,27 em seu contracheque

O Prefeito de Santa Luzia, José Alexandre de Araújo (Zezé), do PMDB, deixou um vigia com apenas R$ 13,27 em seu contracheque no mês de novembro de 2017 por pura perseguição política.

Desde que assumiu o mandato em 1º de janeiro de 2017, que a perseguição, atraso de salário de aposentados, não implantação da insalubridade, pagamento de adicional noturno, gratificações que os servidores tinham na gestão anterior, foram retiradas e depois de muita luta com realização de manifestações, denúncias no Ministério Público, algumas foram reimplantadas.

O servidor público municipal efetivo que exerce a função de Vigia, Irai Coutinho Lira, que trabalha numa unidade de saúde, foi obrigado a assinar o ponto eletrônico de hora em hora, igual a propaganda do Baú da Felicidade que saia de hora em hora no SBT e por assinar o ponto apenas na entrada e na saída do trabalho, o gestor descontou em seus vencimentos o valor de R$ 723,80 (setecentos e vinte e três reais e oitenta centavos), incluindo até o dia de finados, que foi feriado nacional.

O SINFEMP acompanhado do referido servidor formulou denúncia no Ministério Público Federal no dia 03 de outubro de 2017, justamente pedindo a interferência do órgão nesse problema, por ter sido o MPF que determinou a instalação do pronto eletrônico nas prefeituras da região, mas que até hoje nem a entidade e nem tampouco o servidor ainda foram oficializados do dia da audiência.

Mais uma vez a justiça será acionada para rever essa atitude autoritária em descontar salários de um servidor que trabalhou todos os dias, que não tem faltas em seu serviço ou qualquer outro tipo de problemas causado ao município.

Para a presidente do SINFEMP, Carminha Soares é lamentável presenciar uma situação dessa e pior em pleno mês do Natal, onde as pessoas devem se sensibilizar ainda mais com as outras e o gestor deixar um pai de família sem dinheiro para fazer a sua feira, pagar a sua água, luz, honrando os seus compromissos.

O vice-presidente do SINFEMP e presidente da CTB/PB, José Gonçalves, afirmou que o gestor demonstra a sua incapacidade administrativa e parte de forma autoritária para resolver os problemas por ele próprio criado como se estivesse administrando sua casa ou sua propriedade privada. “É importante o prefeito se conscientizar das besteiras que vem fazendo com os servidores municipais, mudar de opinião, pois iremos responder uma a uma na justiça e nas ruas”. Destacou o mesmo.

Portalpatos

 

Fonte: Assessoria/Sinfemp

portalpatos
Leia Também

Comentários


comercial
Panetone da parati 450g frutas cristalizadas
13R$,85
comercial
Panetone da parati 450g chocolate
13R$,85