portalpatos
publicidade
quarta-feira, 20 de junho de 2018

Hospitais de Trauma em JP e CG registram 1.320 atendimentos durante o Réveillon

Os atendimentos foram registrados entre o último sábado (30) e a segunda (1º) e a maior parte é referente a acidentes automobilísticos

Em João Pessoa, foram feitos 704 atendimentos, o que significa uma redução de 8% em relação ao mesmo período de 2016 (Foto: Walla Santos)

As festas de fim de ano resultaram em um total de 1.320 atendimentos registrados no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, e Hospital Estadual de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga, em Campina Grande, de acordo com levantamento. Os atendimentos foram registrados entre o último sábado (30) e a segunda (1º) e a maior parte é referente a acidentes automobilísticos.

Em Campina Grande foram realizados 616 atendimentos e os casos envolvendo acidente de motos lideraram os registros nos plantões. Já em João Pessoa, foram feitos 704 atendimentos, o que significa uma redução de 8% em relação ao mesmo período de 2016, quando 767 pessoas deram entrada na unidade de saúde.

João Pessoa

Dos casos registrados, 250 foram considerados graves e gravíssimos, além de 56 cirurgias de urgência e emergência realizadas na instituição.

Mais uma vez os acidentes de trânsito foram destaques no complexo hospitalar, com 186 casos. Só de acidentes de moto foram 151 entradas, o que representa 81% do total de acidentados, seguidos de carro (20), atropelamentos (16) e acidente de bicicleta (3). Ainda na área da emergência outros casos de destaques foram quedas com 151 pessoas, agressão física (24), arma de fogo (13), queimaduras (11), arma branca (9) e afogamento (1). Os demais casos foram clínicos, entre eles, corpo estranho (69), Trauma (37), acidente vascular cerebral (28) e pancada (23).

Durante o feriado de Ano Novo, o Hospital de Trauma disponibilizou reforço de toda a equipe assistencial, com médicos, equipe de enfermagem e suporte, incluindo UTIs móveis. A unidade hospitalar é referência em atendimento de casos de urgência e emergência de média e alta complexidade, tais como: trauma (acidentes e desastres), violência (física e sexual), queimadura, choque e doenças clínicas em suas fases agudas – Acidente Vascular Cerebral (AVC) e hemorragia digestiva.

Campina Grande

De acordo com o setor de estatística do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, dos 616 atendimentos, (109) foram vítimas de acidentes de moto, acidente de automóvel (19), agressão física (16), vítimas de projéteis de arma de fogo (05) e arma branca (12). Os demais atendimentos médicos foram na clinica médica e na pediatria.

O Trauma-CG disponibiliza 292 leitos, 340 médicos, sendo 64 em regime de plantão presencial 24 horas. O hospital dispõe de seis salas no bloco cirúrgico.

Portalpatos

Fonte: Clickpb

portalpatos
Leia Também

Comentários