portalpatos
publicidade
03/01/2018

Pai e filho são apontados como chefes de quadrilha com atuação na PB e RN

O filho comandava as ações da quadrilha no estado do Rio Grande do Norte, enquanto o pai mantinha o comando da organização criminosa na Paraíba

Foram apreendidas nove armas de fogo, 54 munições, 402 gramas de cocaína e seis quilos de maconha (Foto: Reprodução)

Uma quadrilha composta por 23 pessoas foi desarticulada em uma operação conjunta entre a Polícia Civil e a Polícia Militar através do Núcleo de Homicídios da 6ª Delegacia Seccional de Alhandra. A organização criminosa comandava o tráfico de drogas e a prática de homicídios na cidade de Alhandra, no Litoral Sul do Estado. O filho comandava as ações da quadrilha no estado do Rio Grande do Norte, enquanto o pai mantinha o comando da organização criminosa na Paraíba.

Marcos Honório Júnior, de 31 anos, é apontado como autor de vários crimes de homicídios que teriam sido motivados pela disputa do tráfico de drogas na região. Já seu pai, Marcos Honório, gerenciava o tráfico de drogas no Litoral Sul da Paraíba. A esposa de Marcos Honório Júnior também foi presa.

Segundo a polícia, 19 pessoas foram presas e quatro adolescentes foram apreendidos durante a deflagração da Operação Arataguis. Pai e filho seriam responsáveis diretamente por dez homicídios, entre duplos e triplos.

Aneílton de Castro, delegado responsável pela deflagração da operação, informou que a polícia tem conhecimento da quadrilha desde 2016, mas intensificou as investigações nos últimos dois meses. As investigações culminaram nas prisões dos acusados e ainda foram apreendidas nove armas de fogo, 54 munições, 402 gramas de cocaína e seis quilos de maconha.

A operação Arataguis foi assim batizada devido ao primeiro nome da cidade de Alhandra, já que a quadrilha tinha como objetivo tomar o controle da cidade.

Portalpatos

Fonte: Clickpb

portalpatos
Leia Também

Comentários