portalpatos
publicidade
28/01/2018

Polícia prende suspeitos de explodir banco

Eles estavam com um arsenal composto por três fuzis de fabricação americana, três pistolas, explosivos, mais de 600 munições

A Polícia Militar prendeu três envolvidos na explosão do banco do Bradesco da cidade de Taperoá, que aconteceu na madrugada desse sábado (27), no Cariri da Paraíba. Após o crime, os suspeitos fugiram em uma caminhoneta, mas o carro foi interceptado por policiais do 15º Batalhão, na cidade de Santo André, onde houve uma troca de tiros e os criminosos abandonaram o veículo, fugindo logo em seguida por dentro de uma área de vegetação. Com os suspeitos foi apreendido um arsenal.

O Grupamento Especializado de Operações em Área de Caatinga (GEOsAC) e policiais de outras unidades fizeram um cerco na localidade, que resultou na prisão dos três suspeitos em flagrante, que estavam com um arsenal composto por três fuzis de fabricação americana, três pistolas, explosivos, mais de 600 munições de três calibres diferentes, bem como caixas com grampos e uma mala cheia de ferramentas para usar em ações contra bancos.

Os presos são Halinson José Souza Santos, de 34 anos, que é da cidade de Cubati (PB); e os irmãos Agliberto Teodósio dos Anjos Júnior, 28, e Aléssio Marreiro Teodósio, 32, que é guarda municipal da cidade de Cubati. Os irmãos já têm passagem pela polícia, sendo Aléssio por roubo e Agliberto por tráfico de drogas em julho de 2015, após ser flagrado com um comparsa trazendo 10 kg de cocaína do Rio Grande do Norte para a cidade de Nova Floresta, na Paraíba.

O comandante do Grupamento Especializado de Operações em Área de Caatinga (GEOsAC), major Wherick Lima, disse que a prisão aconteceu em menos de quatro horas após o crime, mas as buscas se estenderam durante todo o sábado.

“A quadrilha era composta por cinco suspeitos, que explodiram o banco por volta das 3h e fugiram em direção à cidade de Santo André, onde o destacamento policial local frustrou a fuga, que com nosso apoio resultou na prisão de três deles, antes das 7h da manhã. A partir daí, foram feitas várias buscas para localizar os outros dois, que, apesar de terem conseguido fugir, já foram devidamente identificados e devem ser presos nos próximos dias”, destacou.

Os três presos, todo o material apreendido e o dinheiro recuperado foram levados para a Central de Polícia Civil, onde foram autuados por furto qualificado, explosão qualificada e tentativa de homicídio contra os policiais.

Portalpatos

Fonte: Portalcorreio

portalpatos
Leia Também

Comentários