portalpatos
publicidade
29/01/2018

Ricardo confirma pagamento de janeiro do servidor estadual para terça e quarta

O anúncio foi feito pelo governador Ricardo Coutinho nesta segunda-feira (29), durante o programa semanal Fala Governador

O pagamento dos servidores públicos estaduais referente ao mês janeiro será realizado nesta terça (30) e quarta-feira (31), com a atualização do salário mínimo e a implantação dos reajustes de 6,81% para os professores e 5% para os servidores da área de Segurança. O anúncio foi feito pelo governador Ricardo Coutinho nesta segunda-feira (29), durante o programa semanal Fala Governador, transmitido por uma cadeia estadual de rádios, sob a coordenação da Rádio Tabajara.

 Na ocasião, Ricardo comentou que, mais uma vez, o esforço feito pelo Governo do Estado possibilita que a folha seja paga dentro do mês trabalhado, o que, além de respeitar o servidor público, fortalece a economia paraibana. “Eu lembro de uma época nesse Estado em que se atrasou o pagamento e foi um sufoco para o comércio. O comércio não conseguia vender nada, não conseguia sequer vender fiado, porque não se sabia quando pagaria. Isso foi muito ruim. Essa tem sido a prioridade número 1 do nosso governo: manter o pagamento em dia”, ressaltou.

 O governador explicou ainda que o reajuste de 6,81% do magistério (piso nacional) será concedido em toda tabela, ou seja, desde o professor sem licenciatura (A1) até o professor com doutorado (E7), lembrando que a partir de julho, mês a mês, será incorporado o que falta para dobrar a remuneração paga em 2014, e daí aplicadas as progressões horizontais (2%) e verticais (10% de uma classe para outra).

 Já o pessoal da Segurança – Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e agentes penitenciários – receberá os vencimentos deste mês com o reajuste de 5% dos 19% concedidos. O percentual incidirá sobre a remuneração total (na bolsa) e a partir de julho os 14% restantes escalonados até 2019, com a implantação dos plantões existentes.

 “Este é um esforço muito grande, pois teremos um ano de inflação de 2% ou 3%, no próximo ano também; o poder aquisitivo caiu, o que faz com que a inflação baixe. Para uma inflação em dois anos de 5% nós estamos reajustando em 19% o salário das forças de segurança. Evidentemente que algo que possa ser feito se faz, mas eu tenho um limitador que é a Lei de Responsabilidade Fiscal (50%). Todos os poderes estão além, acima do limite. O Executivo está acima do limite, porém quando assumi era 58% e hoje está em 51%. Mesmo com os reajustes dados, nós conseguimos baixar esse quantitativo”, destacou.

Portalpatos

Fonte: Wscom

portalpatos
Leia Também

Comentários