portalpatos
publicidade
quarta-feira, 20 de junho de 2018
ESPORTE - 04/03/2018

Campinense e Treze defendem lideranças e não podem nem empatar

Semana agitada para os dois clubes precede o segundo Clássico dos maiorais do ano

Semana tensa e troca de comando de um lado. Três derrotas seguidas e tensão pela perda inesperada do capitão da equipe do outro.

É nesse clima, com as lideranças dos seus grupos ameaçadas, que Campinense e Treze medem forças logo mais, às 16h, no Amigão, pela 10ª e última rodada da fase classificatória do Paraibano 2018.

A derrota é ruim para os dois e o empate pode matar rubro-negros e alvinegros de uma vez só, caso Botafogo-PB e CSP vençam Atlético de Cajazeiras e Auto Esporte, respectivamente.

Nesses termos, a expetativa é de que o segundo Clássico dos Maiorais da temporada seja marcado pela ofensividade e busca pela vitória dos dois lados.

Campinense - Na Raposa, que lidera o Grupo A com 20 pontos, um a mais que o Belo e três na frente do Sousa, o técnico Ruy Scarpino vai estrear após poucas sessões de treinos.

Capixaba com jeitão de carioca, o treinador de 56 anos que se apresentou na terça-feira para substituir Celso Teixeira desembarcou no Alto da Bela Vista sob muita tensão.

Áudios vazados, demissão do gerente de futebol Marquinhos Marabá e torcida desconfiada com mais uma mudança de comando foram ingredientes que temperaram o clima na Toca da Raposa.

Fazendo o estilo paizão, Scarpino prometeu não mexer muito no time e tentou passar confiança e tranquilidade para o elenco.

Os desfalques ficam por conta do zagueiro Rafael Araújo e do meia Jean Carlo, lesionados. Coincidentemente, ambos são muito ligados ao ex-técnico do Campinense.

No ataque, Ruy Scarpino ganhou as opções dos recém contratados Robinho e Matheus Ortigoza, que estão regularizados.

Treze - Após derrotas para Botafogo-PB e Confiança-SE, o técnico Flavio Araújo finalmente assumiu a equipe no último domingo e viu a equipe perder a terceira partida seguida, no Sertão, para o Sousa.

Com a semana cheia para trabalhar, já que antes da sua estreia o treinador só teve um único contato no campo de treinamento com seus comandados, Flávio está confiante de que os ajustes necessários foram feitos.

Sem poder contar com o lateral esquerdo Rayro, expulso em Sousa, o técnico está quebrando a cabeça desde quinta para substituir outra peça da equipe.

É que o meia Marcelinho Paraíba, capitão do time, sofreu um leve AVC isquêmico e ainda não tem retorno de volta aos gramados.

Em contrapartida, Flávio Araújo pediu e a diretoria contratou o lateral direito Talisson, ex-CSA, e o atacante Leílson, que estava no Guarani de Juazeiro.

Assim como o também lateral direito Alex Travassos, os dois reforços estão regularizados. O Galo tem 14 pontos e lidera o Grupo B, que tem CSP na segunda colocação, com 12 pontos, um a mais que o Serrano, terceiro colocado.

Arbitragem - O carioca Pablo Alves, que trabalha para a FPF há quatro anos, apita Campinense x Treze. Ele terá as assistências de Márcio Freire e Tomaz Diniz, ambos de Campina Grande.

Prováveis escalações

Campinense: Jefferson, Alex Murici, William Goiano, Rafael Jensen e Jackinha; Neto, Felipe Macena, Marcinho e Thiago Potiguar; Robinho (Tarcísio) e Müller Fernandes. Técnico: Ruy Scarpino.

Treze: Rafael Copetti, Talisson, Leonardo Luiz, Ítalo e Caique; Guto, Dedé e Fábio Neves; Tininho (Vitinho), Leílson e Reinaldo Alagoano. Técnico: Flávio Araújo.

Portalpatos

Fonte: Voz da Torcida

portalpatos
Leia Também

Comentários