portalpatos
publicidade
quinta-feira, 20 de setembro de 2018
FIQUEPORDENTRO - 06/03/2018

Acusado de chacina na Espanha pode ter prisão perpétua

Para a justiça espanhola, o paraibano deve ficar preso em regime permanente, com possibilidade de que a condenação seja revisada a cada 25 anos

A Promotoria de Guadalajara, na Espanha, pediu que o paraibano François Patrick Campos Gouveia, de 20 anos, seja condenado à prisão perpétua, conforme noticiou um portal de notícias local. Ele é assassino confesso de quatro familiares.

Para a justiça espanhola, o paraibano deve ficar preso em regime permanente, com possibilidade de que a condenação seja revisada a cada 25 anos. Na decisão, a juíza responsável pelo caso apontou que Patrick foi enquadrado em três artigos do código penal do país europeu.

As leis versam sobre homicídios em geral, assassinato de pessoas menores de 16 anos e sobre matar mais de duas pessoas em uma mesma situação.

Os crimes do quais Patrick é acusado aconteceu em 2016, na cidade de Pioz, a 60 km de Madri. As vítimas foram Marcos Campos, tio do jovem; a esposa, Janaina Santos; e os dois filhos do casal, que tinham um e quatro anos de idade. Patrick confessou ter matado os familiares com golpes de faca. Os corpos foram esquartejados e colocados em sacos plásticos.

Portalpatos

Fonte: Portalcorreio

portalpatos
Leia Também

Comentários