portalpatos
publicidade
sábado, 20 de abril de 2019
POLITICA - 09/04/2019

“GUERRA DE NOTAS”: Moacir Rodrigues defende eleições livres no PSL-PB e diz que Julian Lemos é “ditador”; deputado rebate e acusa Romero de querer tomar o partido

A paz entre duas das principais lideranças do Partido Social Liberal (PSL) – legenda do presidente Jair Bolsonaro – na Paraíba, parece ter definitivamente terminado. É que nesta segunda-feira (8), o deputado estadual Moacir Rodrigues (PSL) divulgou nota em que defende a promoção de eleições livres e democráticas para presidência estadual e dos diretórios municipais da legenda na Paraíba. No documento, o parlamentar acusa a gestão do deputado federal Julian Lemos, como presidente do PSL no Estado, tem “característica de coronéis e ditadores”.

Em outra nota, o deputado federal Julian Lemos diz que Moacir Rodrigues é uma espécie de “boneco de ventríloquo”, que age para favorecer o irmão, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), que tem interesse em “tomar” o comando do PSL na Paraíba. O presidente da legenda ainda ameaça o deputado estadual de expulsão.

ELEIÇÕES LIVRES

Moacir Rodrigues diz que a gestão partidária de Julian Lemos é questionada por falta de critérios na distribuição dos recursos do fundo partidário e na centralização do poder.

“O deputado federal Gulliem Lemos, que usa o nome de Julian Lemos, está com receio e teme o processo democrático dentro do PSL, uma vez que a sua gestão partidária tem sido questionada por falta de critérios da distribuição dos recursos do fundo partidário e de centralização do Poder, característica de coronéis e ditadores”, diz trecho da nota.

Confira o documento na íntegra:

NOTA

O deputado estadual Moacir Rodrigues e o Grupo Direita Paraíba, vem esclarecer que:

Promove sim, encontros e debates políticos partidários com o intuito de fortalecer o PSL no âmbito Estadual e Municipal, por acreditar no caráter democrático das discussões político partidárias e no Estado Democrático de Direito.

Não é inverdade que a Comissão do órgão diretivo estadual teria caducado, bem como todas as comissões diretivas municipais estão caducas no âmbito dos municípios do Estado da Paraíba, pois basta uma simples pesquisa para constatar este fato.

O que causa estranheza é o fato do senhor Gulliem Lemos ter obtido no último dia 02.04.2019 a presidência de uma Comissão Provisória com prazo a expirar em (180 dias) e que mesmo contra a sua vontade e seu perfil anti democrático terá que ser submetida ao  processo de convenção partidária, pois para ser presidente em definitivo terá que ganhar no voto e não em medidas ou soluções emergenciais como a obtida no último dia 02.

A expansão partidária do PSL é notória, perceptível e obtida a reboque única e exclusivamente do prestígio do excelentíssimo senhor presidente Jair Messias Bolsonaro, afinal quem foi eleito deputado federal com o slogan: O FEDERAL DO BOLSONARO?

O deputado federal Gulliem Lemos, que usa o nome de Julian Lemos, está com receio e teme o processo democrático dentro do PSL, uma vez que a sua gestão partidária tem sido questionada por falta de critérios da distribuição dos recursos do fundo partidário e de centralização do Poder, característica de coronéis e ditadores.

Por fim, enquanto existir democracia, teremos sim a ampliação do número de filiados ao Partido Social Liberal, teremos sim uma disputa democrática, e conforme reza o estatuto partidário, teremos sim eleição para presidência não apenas do diretório estadual mas para presidência de todos os  diretórios municipais!

Por um PSL Livre e Democrático, Deputado Estadual Moacir Rodrigues!

RESPOSTA E AMEAÇA DE EXPULSÃO

Em resposta, o presidente do PSL na Paraíba, o deputado federal Julian Lemos, também lançou nota com ameaças até de expulsão de Moacir Rodrigues do PSL.

Leia a nota na íntegra:

O Diretório Estadual do PSL na Paraíba, por meio do seu Presidente Julian Lemos, vem, esclarecer que:

Veiculam na mídia que o PSL teria, por movimento ilegítimo e ardiloso, capitaneado por Moacir Rodrigues, durante o final de semana, filiado várias lideranças comunitárias com o objetivo de fortalecer a legenda.

É clarividente que o pretexto da reunião soa legítimo e alvissareiro ao partido. Entretanto, é sabido por todos que gravitam na política paraibana, que o membro insurgente, usado como boneco de ventríloquo de força política famíliar-superior, tenta ocupar a direção estadual do partido por meio de “notinhas” da imprensa e a reboque disso postagens mentirosas dando conta que o órgão diretivo estadual teria caducado; inverdade que se desfaz com uma rasa consulta ao site do TSE que atesta a vigência do diretório legítimo, tendo Julian Lemos como Presidente Estadual. A forma, não nos impressiona, esse tipo de política rasteira é própria do grupo político do desertor.

A alegação de expansão sem consulta à Presidência Estadual nos causa estranheza, pois o PSL/PB encontra-se em plena expansão desde que a atual diretoria assumiu o partido antes do pleito de 2018, quando obteve exitoso desempenho nas urnas, elegendo 1 deputado federal, 2 deputados estaduais e diversos outros suplentes.

Assim, nenhum membro, além do Presidente Estadual ou filiado com podres outorgados por este, tem o direito legal de convocar reuniões ou convenções para promover filiações em massa, muito menos, para causar motim e inflar militantes com o intuito de trazer instabilidade partidária e tentar assumir direção de forma ilegítima, contra o estatuto partidário.

Por fim, esclarece-se que, esse tipo de movimento é, inclusive, ensejador de sanção partidária cominatória de expulsão aos que querem por força reacionária e desleal assumir postos partidários de maneira indevida e ao arrepio das normas partidárias.

Julian Lemos

*Presidente Estadual do PSL/PB

Portalpatos

Fonte: Wscom

portalpatos
Leia Tamb�m

Comentários


comercial
Leite Longa Vida Betania 1 lt (integral ou Desnatado)
21/04válida até oferta2R$,58
comercial
Suco de Uva Integral Quinta do Morgado 1,5 lt
21/04válida até oferta10R$,48
comercial
Leite de Coco Isis 200ml
21/04válida até oferta2R$,69
comercial
Macarrão Aliança 500g
21/04válida até oferta1R$,29
comercial
Creme de Leite Dalia 200g tp
21/04válida até oferta1R$,98
comercial
Queijo Mussarela Natulac kg
21/04válida até oferta18R$,99
comercial
Caixa Chocolate Sortida Arcor 171g
21/04válida até oferta5R$,69