audios play pause vol- vol+
11/7/2019

'Não é tristeza, é raiva', diz Sabrina Paiva em desabafo sobre caso de racismo

materia

Sabrina comentou que foi pegar água na cozinha e escutou uma voz vinda do vidro que falou senta aí, macaco.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Parecendo triste, após sofrer o caso de racismo em A Fazenda 11, a ex-miss Sabrina Paiva foi procurada pela colega Hariany. A influencer foi querer saber se ela ainda se sentia mal por causa do ocorrido, e Paiva aproveitou para desabafar.

"Não é tristeza, é raiva. Estudei muito isso, sabe? Teve uma fase da minha vida que eu precisei entender quem eu era. Estudei [Nelson] Mandela, estudei cantoras negras, estudei porque há negros no Brasil, estudei porque meu cabelo é assim, sobre tudo", afirmou Paiva. 

"É uma história muito sofrida, os negros vieram para cá só para serem escravos, nada além disso. Eu estar na televisão é uma conquista muito grande", concluiu a miss. 

O fato ocorreu na última terça-feira (5), quando em conversa com Hariany e Andréa Nóbrega, Paiva comentou que foi pegar água na cozinha e escutou uma voz vinda do "vidro" que falou "senta aí, macaco". "Eu acho que aquilo foi para mim, de verdade. Eu era a única que estava tomando água. Estava todo mundo sentado, aí eu ouvi alguém dizer: 'Senta aí, macaco' e um palavrão", disse Sabrina. 

Hariany confirmou: "Ele falou sim, senta aí logo, macaco." Sabrina complementou: "Juro, no vidro. Eu não estou surda." Na sequência, a conversa entre elas foi cortada e foi mostrado os peões na sala. Mais tarde, Sabrina ganhou a prova do fazendeiro em disputa com Andréa e Thayse. 

A Record afirmou na quarta-feira (6) que identificou e demitiu o funcionário que praticou ato de racismo contra a modelo e ex-Miss São Paulo Sabrina Paiva no reality A Fazenda. A emissora confirmou que durante o programa, ao vivo, um operador de câmera, posicionado atrás de um dos espelhos da sala, fez um comentário racista a respeito da participante.  

Portalpatos

Comentários


Estúdio e Redação

Rua Vereador Severino Fernando de Assis, 200 - Belo Horizonte | Patos - PB
Tels - 9.9831.0065 | 9.8863.5204 | 9.8105.1022
CNPJ: 19.917.902/0001-15
email: mariolocutor@gmail.com; mauriciopatos2005@gmail.com