8/5/2020

Veneziano solicita da presidência do Banco do Nordeste celeridade em recursos para empreendedores

54103

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) solicitou da presidência do Banco do Nordeste – BNB que adote celeridade na apreciação e liberação dos recursos disponibilizados pelo banco para micro e pequenos empreendedores. Para tanto, ele manteve contato nesta quinta-feira (07) com o presidente do BNB, Romildo Rolim.

Veneziano solicitou ao presidente que a entidade tenha “especial atenção” para acelerar e dar uma melhor dinâmica na desburocratização do processo de acessibilidade dos micro e pequenos empreendedores à linha de crédito que foi aberta pelo banco. Segundo ele, esta celeridade é de fundamental importância, neste momento de pandemia por conta do coronavírus.

O parlamentar paraibano lembrou que os micro e pequenos empresários são responsáveis por grande parcela da geração de empregos no país – sobretudo no Nordeste – e neste atual momento, estão sofrendo para manter as contas de suas empresas em dia e, consequentemente, manter os empregos.

Linha de Crédito – Os recursos do BNB vão garantir aos micro e pequenos empresários até R$ 100 mil para capital de giro e até R$ 200 mil para outros investimentos, com carência até o final do ano e juros de 2,5%. Estes recursos, segundo Veneziano, poderão estabilizar a situação das micro e pequenas empresas até que haja uma indicação de normalidade na situação.

“Essa linha de crédito já está disponibilizada pelo Banco do Nordeste e, neste momento, é de fundamental importância não apenas que os micro e pequenos empresários tenham acesso ao crédito, mas que este acesso ocorra de forma célere, para estancar os prejuízos e estabilizar as finanças destes pequenos empreendedores”, disse o senador paraibano.

Na Paraíba – No início da tarde, Veneziano recebeu telefonema do superintendente do BNB na Paraíba, João Nilton Castro Martins, informando que a instituição já está viabilizando as liberações para os micro e pequenos empresários paraibanos.

De acordo com o superintendente, houve um atraso na liberação porque os decretos de calamidade pública dos estados da Paraíba e do Ceará só foram homologados há uma semana e havia a exigência destas homologações para que o processo fosse liberado.

Portalpatos

Fonte: Wscom

Comentários


subir

Estúdio e Redação

Cels - 9.9831.0065 | 9.8863.5204 | 9.8105.1022
email: mariolocutor@gmail.com | mauricio@portalpatos.com
Portalpatos.com ® - 2006 - 2020 | Todos os direitos reservados