26/7/2020

PRF prende três suspeitos de se passar por agentes de saúde em Patos e desviar pelo menos R$ 4 mil de idosos

54959

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu dois homens e uma mulher suspeitos de se disfarçar de agentes de saúde para aplicar golpes em idosos. O grupo foi capturado em Mamanguape, Litoral Norte da Paraíba, na tarde deste sábado (25).

A ação ocorreu durante fiscalização no km 38 da BR-101, em frente à unidade operacional de Mamanguape. Os policiais abordaram o veículo Ford Ka e verificaram inicialmente que o condutor possuía vários cartões bancários de titularidade de pessoas diferentes no bolso.

Após fiscalização minuciosa, foram encontrados mais cartões pertencentes a outras pessoas embaixo do painel do veículo, totalizando 40 cartões bancários. A equipe também encontrou uma maquineta de cartão, quatro aparelhos de aferir pressão arterial, dois aparelhos de medição de glicemia capilar e um celular.

Os policiais entraram em contato com algumas vítimas, que confirmaram ter caído em um golpe aplicado pelo trio. Em um dos casos, a vítima, que mora na cidade de Junco do Seridó, no Agreste paraibano, informou que teve a quantia de R$ 4 mil retirada de sua conta bancária e R$ 500 em dinheiro. Outra vítima, moradora da cidade de Patos, informou que as três pessoas se identificaram como agentes de saúde do Governo Federal e entraram em sua residência para realizar exames sanguíneos. Após a visita, percebeu que seu cartão bancário e aparelho celular foram furtados. As vítimas reconheceram os golpistas.

O trio não soube explicar a origem do material apreendido. Apenas a mulher tinha antecedentes criminais. Os homens, de 52 e 29 anos, e a mulher, de 37 anos, foram detidos, encaminhados à Polícia Civil de Mamanguape e responderão pelos crimes de estelionato, furto e falsidade ideológica.

Portalpatos

Fonte: ClickPB

Comentários


subir

Estúdio e Redação

Cels - 9.9831.0065 | 9.8863.5204 | 9.8105.1022
email: mariolocutor@gmail.com | mauricio@portalpatos.com
Portalpatos.com ® - 2006 - 2020 | Todos os direitos reservados