3/1/2021

Pai que matou filha por causa de um terreno se apresenta à Polícia

56404

O pai que matou a própria filha na última quinta-feira, 29, na cidade de Boqueirão, se apresentou ontem, 1º, à Polícia.

Ele teria ido à delegacia de forma espontânea acompanhado por um advogado e negou que tenha cometido o crime de forma premeditada. Ele afirmou ainda que a espingarda usada disparou acidentalmente e que não tinha nenhum tipo de divergência ou discutiu com a filha.

Segundo o delegado do caso, por ter se apresentado de forma espontânea, o acusado foi posto em liberdade, mas o caso continuará sendo investigado.

A vítima de 36 anos teria interferido em uma discussão entre o pai e a mãe e acabou sendo baleada com um tiro de espingarda artesanal na cabeça. Ela ainda chegou a ser socorrida para um hospital local, mas não resistiu aos ferimentos.

Ambos não tinham muito contato, segundo a Polícia, e que havia pouco tempo que estariam morando juntos.

Conforme as investigações, os dois discutiam com frequência por conta de um terreno onde a filha queria realizar um plantio e o pai não concordava.

Após o crime, o acusado fugiu do local.

Portalpatos

Fonte: Paraibaonline

Comentários