7/9/2021
Vendedor de água mineral tem material destruído por jovens que lavam para-prisas em Patos. Alguns vereadores defendem trabalho clandestino
59044

Tem se tornado rotina o comércio ambulante nos semáforos em Patos, principalmente os do centro da cidade e a prática já está se tornando para alguns concorrência desleal.

A maioria dos patoenses se mostra insatisfeita com o serviço clandestino de adolescentes que trabalham lavando para-brisas nos principais pontos de acesso ao centro da cidade causando indigestão a motoristas que consequentemente trafegam na localidade.

De acordo com informações as autridades constituídas fazem "vista grossa" para a prática e se tornam incompetentes para coibir esse tipo de atividade clandestina e intransigente que alguns jovens realizam em busca de apurar alguns trocados e muitos deles para manter o consumo de entorpecentes e o vício. Para outros, existe, supostamente a intervenção de traficantes recrutando os adolescentes em busca de facilitar a comercialização do ilícito. Porém, ainda não há uma informação oficial da polícia sobre isso.

Um jovem, que de certa forma, tem um trabalho descente no semáforo em frente a Catedral, cuja finalidade é vender água mineral sem precisar da prática de abuso ou nenhum tipo de excesso que chegue a importunar sua clientela, teve seus objetos destruídos (segundo informações) por alguns adolescentes que trabalham na lavagem de para-brisa no centro, precisamente em frente a Cadetral. O incidente teria contecido na manhã desta segunda-feira 06/07.

O suposto ataque ao jovem, que foi identificado apenas pelo primeiro nome Wilker, teria acontecido na Rua do Prado, próximo às ruínas do cine São Francisco como mostram imagens cedidas por alguns comerciantes do local. 

O pior de tudo isso, é que tem vereador em Patos que apoia a clandestinidade do serviço de “flanelinhas” e lavação de para-brisa alegando que eles estão ali em busca de ajuda para completar a renda da família. Recentemente, o vereador Josmá Oliveira (patriota) que é absolutamente contra esse tipo de serviço teve um requerimento de sua autoria renegado na Câmara Municipal de Patos por que pediu apoio dos pares para tentar coibir a prática clandestina.

Entre os vereadores que votaram contra o requerimento e a favor dos meninos que atuam nos semáforos e os flanelinhas do centro estão, o vereador Zé Gonçalves (PT), Nandinho (avante), Décio Motos (solidariedade), dentre outros.

O rapaz, que é bastante educado, se veste como se fosse garçom e que de certa forma não atrapalha o fluxo dos veículos e nem tem o costume de oportunar as pessoas, foi ridicularizado na hora em que se dirigia ao local de trabalho e só não foi agredido pelos lavadores por que se afastou imediatamente do grupo que era formado por três adolescentes.

Portalpatos

Comentários


Equipe Portalpatos
mario
  • Mário Frade
  • Jornalista
  • Atualmente trabalha Unifip Rádio Universidade FM 105.1

mauricio
  • Mauricio
  • Front e Back End
  • Designer Gráfico
  • Atualmente trabalha na empresa Vice & Versa (Impressor Digital)
  • Técnico de Contabilidade
  • Técnico de Informática
  • Desenvolvedor Multi-Plataforma Android / IOS
  • Master Power BI T-SQL
  • MySQL | SQLServe | NoSQL | PostgreSQL
  • Designer Gráfico
  • Editor Gráfico