21/11/2022
Francisca Motta fala de seus desafios do sexto mandato e por ser a deputada mais velha da AL Francisca Motta fala de seus desafios do sexto mandato e por ser a deputada mais velha da AL
62932

Aos 81 anos, a paraibana Francisca Gomes Araújo Motta (Republicanos -PB) foi eleita para o seu sexto mandato de deputada estadual com 40.230 votos.  A ex-prefeita de Patos, tem sua carreira política firmada na defesa da saúde, da pessoa com deficiência, do homem do campo e da proteção das mulheres e das crianças.

Durante seus cinco mandatos, disponibilizou veículos para transporte de pacientes do sertão para a capital, lutou para melhorar a precariedade da saúde local e o acesso da população em serviços especializados. Também foi responsável por garantir a instalação das UTI’s no Hospital Regional de Patos e na Maternidade Peregrino Filho.

Nos próximos anos, a republicana promete lutar pela interiorização da saúde pública de alta complexidade. “A interiorização da saúde de alta complexidade é um assunto urgente, um exemplo disso é o fato de que cerca de 30% dos pacientes cardíacos atendidos no Hospital Metropolitano na capital, são oriundos do sertão. A proposta mais importante que trouxemos nesta candidatura, foi exatamente uma solução para esta situação, pois, com a implantação do Hospital do Coração do Sertão, ampliamos o acesso da população sertaneja à saúde de alta complexidade, evitando também que estes pacientes se desloquem para terem acesso a esses atendimentos”,  afirmou a deputada.

A aquisição de um acelerador linear para o Hospital do Bem, também se destaca entre as propostas da parlamentar, já que atualmente a unidade é responsável pelo tratamento oncológico de alguns tipos de câncer na região do sertão; mas oferece apenas o tratamento de quimioterapia. Ainda dentro desta proposta, a deputada pretende ampliar a oferta de tratamento oncológico, passando a tratar outras formas de câncer, além dos de mama, colo do útero, próstata, cabeça e pescoço, já realizados na unidade.

Primeira Infância

Além da bandeira da saúde, Francisca Motta, defende a valorização da primeira infância, assunto que já havia recebido sua atenção quando exerceu o mandato de prefeita. “Quando fui prefeita de Patos, o Brasil estava começando a discutir e trazer para o centro do debate, a primeira infância, e tudo que essa fase da vida, entre zero e seis anos representa, ao longo de uma vida inteira. Tive a felicidade de ser a primeira prefeita da Paraíba, a criar uma Lei Municipal que estabelecia uma política para a primeira infância e o Dia do Brincar. Patos hoje é referência nacional na primeira infância, e eu sei que podemos ampliar esse trabalho. Quero que o Estado abrace essa causa, assim como fiz na prefeitura”, destaca a deputada.

Como proposta dentro da temática, Francisca pretende criar o Cartão Primeira Infância, programa de transferência de renda para famílias, por meio de incentivo financeiro mensal, visando a segurança alimentar e o desenvolvimento de crianças de 0 a 6 anos.

Desafios

Voltar para a assembleia é um novo desafio para a deputada. “O povo pediu o meu retorno, e eu não hesitei, pois sei do serviço que tenho prestado à Paraíba com meus mandatos. Acredito que agora, poderei fazer muito mais”, concluiu.

Portalpatos

Fonte: Assessoria

Comentários


Equipe Portalpatos
mario
  • Mário Frade
  • Jornalista

mauricio
  • Mauricio
  • Full-Stack
  • Designer Gráfico
  • Técnico de Contabilidade
  • Técnico de Informática
  • Desenvolvedor Multi-Plataforma Android / IOS
  • Master Power BI T-SQL
  • MySQL | SQLServe | NoSQL | PostgreSQL
  • Designer Gráfico
  • Editor Gráfico