17/3/2023
Polícia diz que envolvidos em ataques no RN davam ordens de dentro de presídios da PB e Bahia Polícia diz que envolvidos em ataques no RN davam ordens de dentro de presídios da PB e Bahia
63799

Pelo menos três suspeitos de envolvimento nos ataques criminosos no Rio Grande do Norte, desde a última terça-feira (14), determinavam as ações de dentro de celas de presídios em outros estados da região Nordeste, segundo informou a Polícia Civil do Rio Grande do Norte. O RN chegou ao quarto dia consecutivo de ações criminosas, nesta sexta-feira (17).

A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado divulgou a identificação de três suspeitos de envolvimento nos ataques – um na Bahia e dois na Paraíba.

Na terça-feira (14), um suspeito que estava detido na penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, foi transferido para um presídio federal.

Segundo a polícia, Judson Bezerra Araújo Batista, conhecido como “Bebezão”, cumpre pena no estado da Bahia. Durante uma busca, realizada em sua cela pela Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização, foram encontrados e apreendidos dois aparelhos celulares. Ele foi transferido na quinta-feira (16) para uma unidade de segurança máxima. Segundo a Polícia Civil, os celulares eram “utilizados por ele para ordenar ataques”.

Outro suspeito identificado, Igor Rodrigo de Oliveira Cavalcanti Coelho, conhecido como “Igor Latrô”, cumpre pena no município paraibano de Campina Grande e também ordenou ataques praticados no RN, segundo a polícia.

Erick Silva de Santana, conhecido como “Neymar do Morro”, também cumpre pena na Paraíba e utilizava um aparelho celular para contatar, integrantes da organização criminosa que atuam no bairro Mãe Luiza, na Zona Leste de Natal.

Segundo a Polícia Civil do RN, tanto Igor Rodrigo como Erick Silva foram colocados em isolamento, no sistema prisional da Paraíba.

Na quarta-feira (15), a Polícia Civil da Paraíba localizou, em João Pessoa, José Wilson da Silva Filho, de 29 anos, suspeito de ser um dos mandantes dos crimes no estado vizinho. Ele veio a óbito no Hospital de Emergência e Trauma da capital após uma troca de tiros com as forças de segurança.

Uma operação da polícia cumpriu mandados de prisão e busca e apreensão, na manhã desta sexta, na Grande Natal, contra integrantes da facção suspeita de organizar os ataques.

Portalpatos

Comentários


Equipe Portalpatos
mario
  • Mário Frade
  • Jornalista

mauricio
  • Mauricio
  • Full-Stack
  • Designer Gráfico
  • Técnico de Contabilidade
  • Técnico de Informática
  • Desenvolvedor Multi-Plataforma Android / IOS
  • Master Power BI T-SQL
  • MySQL | SQLServe | NoSQL | PostgreSQL
  • Designer Gráfico
  • Editor Gráfico