18/10/2023
Médico é condenado a devolver mais de R$ 1,2 milhão ao cofres da Paraíba por acúmulo de cargos no Trauma e na Cruz Vermelha Médico é condenado a devolver mais de R$ 1,2 milhão ao cofres da Paraíba por acúmulo de cargos no Trauma e na Cruz Vermelha
65488

TCE-PB identificou que entre 2009 e 2021 Edvan Benevides foi beneficiado com uma “exorbitante acumulação de vínculos públicos”.

O ex-diretor do Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, Edvan Benevides, vai ter que devolver aos cofres do Estado da Paraíba R$ 1.222.408,11. A devolução foi definida pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), em condenação contra Edvan Benevides, que foi julgado, nesta quarta-feira (18), por vantagens recebidas por acumulação de cargos. 

No processo, o TCE-PB identificou que entre 2009 e 2021 Edvan Benevides foi beneficiado com uma “exorbitante acumulação de vínculos públicos”, em situação vedada pela Constituição Federal. 

Quanto ao relatório, ficou constatado que Edvan Benevides ocupava sistematicamente mais de dois vínculos, em entes diferentes, chegando a ter quatro ou cinco vínculos. Cabe recurso da decisão.

Redação

Com ClickPB

Comentários


Equipe Portalpatos
mario
  • Mário Frade
  • Jornalista

mauricio
  • Mauricio
  • Full-Stack
  • Designer Gráfico
  • Técnico de Contabilidade
  • Técnico de Informática
  • Desenvolvedor Multi-Plataforma Android / IOS
  • Master Power BI T-SQL
  • MySQL | SQLServe | NoSQL | PostgreSQL
  • Designer Gráfico
  • Editor Gráfico