05/02/2024
Pré-Carnaval: Bloco Muriçoquinhas leva responsabilidade social e alegria para a avenida nesta segunda-feira Pré-Carnaval: Bloco Muriçoquinhas leva responsabilidade social e alegria para a avenida nesta segunda-feira
66303

O bloco desce a Via Folia nesta segunda-feira (5) pedindo paz para o mundo com o tema ‘Se o seu coração estiver em paz, o resto tanto faz’. 

Educação por meio da folia. Esta é a essência do Muriçoquinhas. Todos os anos, o bloco leva para a avenida um tema da atualidade, como ‘trabalho infantil’, ‘lugar de criança é na escola’, ‘o uso responsável da internet’, no intuito de despertar a consciência social nos pequenos foliões. Em 2024, o grupo desce a Via Folia – Avenida Epitácio Pessoa -, nesta segunda-feira (5), pedindo paz para o mundo com o tema ‘Se o seu coração estiver em paz, o resto tanto faz’.

“O Muriçoquinhas atua há 32 anos e já é um evento consolidado na cidade, sempre inspirando uma marca de diversão para a família. Além das atrações infantis, o bloco faz um resgate da cultura carnavalesca, com os músicos Paulo Barreto, Ivan Martins e a Banda Paraíba Feliz, encerrando o desfile ao som de marchinhas e frevos dos antigos Carnavais”, conta Eliane Holanda, presidente do bloco.

Eliane Holanda é também uma das fundadoras do Muriçoquinhas. Segundo ela, a paixão pelo Carnaval vem desde criança. Paraibana, natural de João Pessoa, Eliane cresceu ao som de frevo, fantasias, confetes e serpentinas. “Participei de Carnavais de clubes, tanto em João Pessoa quanto em Recife. Depois me aventurei nas ruas de Olinda. Até que surgiu o Folia de Rua. Hoje não sou tão assídua foliã, mas entrego todo amor e dedicação na organização do Muriçoquinhas”, compartilha.

O estandarte do Muriçoquinhas deste ano leva a assinatura do carnavalesco Toinho Matos. Com o tema ‘Se o seu coração estiver em paz, o resto tanto faz’, o desenho mostra o mundo doente pela falta de humanidade e amor. A missão de carregar o estandarte pela avenida em 2024 será da pequena Helena Maria Rabello Cavalcanti, de 9 anos.

Segundo a advogada Marne Rabello Cavalcanti, mãe de Helena Maria, a pequena porta-estandarte ficou felicíssima com o convite e saiu contando a novidade para familiares e amigos. “Nossa relação com o Muriçoquinhas é antiga. Helena sai no bloco desde que tinha 3 anos. Mesma idade que minha filha Marina Rosa tinha na época em que começou a sair no Muriçoquinhas. Hoje Marina tem 15 anos. E em 2006, eu tive o privilégio de ajudar Eliane na organização da festa. Então, sei do comprometimento, do amor e da dedicação com que o bloco é realizado todos esses anos”, conta.

A história da funcionária Helena Duré com o Muriçoquinhas também é antiga. Ela participa do bloco desde a fundação, quando fantasiava os filhos para brincar na festa e, hoje, leva, também, os netos Mariana, de 11 anos; João, de 8; e as gêmeas Maria Alice e Maria Helena, de 2 anos.

“Foi emocionante quando levei minha primeira neta, Mariana, para as Muriçoquinhas. Ver aquele pitoquinho de gente fantasiada de Minnie, dançando na maior alegria e em segurança. Até hoje eu não esqueço desse dia”, recorda Helena Duré.

O Muriçoquinhas desce a Avenida Epitácio Pessoa para criar e nutrir memórias no coração dos pequenos foliões. Para Eliane Holanda, são muitas as memórias nesses 32 anos de bloco. Mas, sem dúvida, o encontro de gerações é sempre emocionante. “É um misto de alegria e emoção quando as Muriçoquinhas são recebidas pelo Bloco da Melhor Idade, no Busto de Tamandaré. Uma festa linda, alegre e segura, que oferece divertimento para pessoas de todas as idades. Por isso convidamos as famílias para celebrar mais um ano conosco”, convida Eliane Holanda.

Portalpatos

 

Fonte: ws

Comentários


Equipe Portalpatos
mario
  • Mário Frade
  • Jornalista

mauricio
  • Mauricio
  • Full-Stack
  • Designer Gráfico
  • Técnico de Contabilidade
  • Técnico de Informática
  • Desenvolvedor Multi-Plataforma Android / IOS
  • Master Power BI T-SQL
  • MySQL | SQLServe | NoSQL | PostgreSQL
  • Designer Gráfico
  • Editor Gráfico